Ter uma plantinha em casa muda o ar do ambiente, mas muitos tutores de cães e gatos se vêem em apuros na hora de decorar seu cantinho. É comum que animais de estimação comam plantas instintivamente para melhorar sua digestão, mas nem todas elas são próprias para essa função. Oferecer o capim correto para os bichanos ou um “tapete” de graminha para os cães pode ajudar nessa hora.

Ainda assim, cães e gatos podem se interessar por outras plantas da casa, e acabam correndo o risco de comer algo que não deveriam. Em uma rotina clínica, é normal atendermos animais que apresentam vômito e febre devido à intoxicação por plantas. Então, para deixar seu pet mais seguro e seu jardim (ou sala, quarto, peitoral da janela, etc.) mais florido, preparamos uma lista de plantas seguras e plantas perigosas para animais de estimação. Confira. 

Plantas seguras

Girassol

Essa flor traz energia para o ambiente por causa de suas cores incríveis. Além disso, suas sementes podem ser usadas na culinária e são muito interessantes do ponto de vista nutricional. Deve ser cultivada em jardim aberto ou em vasos próximos às janelas. Girassóis não oferecem perigos para pets. 

flor de girassol no vaso

Flores de Girassol

Echeverias

São um tipo de suculenta excelentes para varandas, pequenos espaços, jardins de pedra ou até para quadros. Gostam de meia sombra e, se uma folha cair, é possível colocá-la de volta no vaso que irá se reproduzir novamente. Também conhecida como rosas de pedra, são apaixonantes e viraram tendência por serem de fácil cuidado.

Echeveria

A suculenta Echeveria

Orquídeas

Encontradas em diferentes cores, essas flores são ótimas para decoração. Cães e gatos não costumam se aproximar muito delas. As orquídeas gostam da luminosidade da manhã e de locais bem arejados, mas é preciso tomar cuidado com os ventos intensos, pois são flores extremamente delicadas.

Orquídeas

Orquídeas de várias cores

Fitônia

Outra planta que não faz mal para cães e gatos, a Fitônia tem aspecto diferente e deve ser cultivada em lugares com sombra. Elas adoram água e, por virem de climas tropicais, gostam de calor, alta umidade do ar e solo fofo, fértil e com boa oferta de água. São excelentes plantas para terrários.

Fintônias

As fitônias podem ser encontradas em tons de verde, vermelho, rosa e até amarelo

Calathea

As Calatheas purificam o ar com as suas folhas matizadas e de diferentes formas. Elas dão vida à sua casa e elevam o seu estado de espírito. A cereja no topo do bolo é que essas plantas incríveis não representam qualquer perigo para os seus animais de estimação.

Calathea

Calathea no vaso

Peperômia

Se você gosta de seguir as tendências do momento até no mundo verde, esta planta é o must have do momento. Além disso, as variedades de Peperômia são seguras para quem partilha a casa com cães e gatos. Elas apresentam-se nas seguintes variedades: Peperomia argyreia, Peperômia caperata, Peperomia magnoliifolia, Peperomia obtusifolia e Peperomia serpens (esta última pendente).

Peperomia argyreia

A variedade conhecida como Peperômia Melancia (Peperomia argyreia)

Clorófitos

Originário da África, o Clorófito é bem conhecido pelos amantes de plantas. Hoje sabe-se que é capaz de filtrar COVs (compostos orgânicos voláteis) e, como não podia deixar de ser, é uma planta amiga dos animais.

Clorófitos

Clorófitos no vaso

Chifre-de-viado 

Delicie-se a ouvir o seu gato ronronar enquanto ele passeia por entre as divertidas folhas desta planta. O seu cão vai querer juntar-se à festa. Uma planta fácil de cuidar e que deixa o ambiente bem agradável.

Chifre-de-veado

Chifre-de-veado crescendo em árvore

Ceropegia woodii

Mais conhecida por Amor-a-metro, trata-se de uma suculenta pet friendly, com folhagem pendente de cores e formas peculiares, acrescentando valor estético a qualquer canto da sua casa. Os seus amiguinhos mal podem esperar para abraçar esta chuva de corações. É muito amor numa planta só.

Ceropegia woodii

Ceropegia woodii, também conhecida como Amor-a-metro

Schlumbergera

O Cacto-de-natal, também conhecido em alguns lugares como Flor-de-Maio, é uma planta associada à ternura. Provavelmente você reconhece essa planta da sua infância, pois é um elemento obrigatório no parapeito das janelas das avós. Esta planta só vai trazer boas recordações, a si e aos seus animais domésticos.

Schlumbergera

Schlumbergera, também conhecida como Flor-de-maio

Chamaedorea elegans

Também conhecida como Palmeira de Salão, esta planta vai despertar a atenção dos seus felinos. As suas folhas suaves e permeáveis são uma festa sensorial viciante para eles. Não se preocupe se os encontrar mastigando as folhas desta pequena palmeira, porque neste caso a curiosidade não matou o gato.

Chamaedorea elegans

Chamaedorea elegans no vaso

Plantas tóxicas

Lírio

A planta exala um forte perfume que pode atrair a atenção dos pets, porém sua ingestão é perigosa, podendo causar falência renal, problemas respiratórios, pele avermelhada, dificuldade de engolir e alucinações. Mantenha seus Lírios fora do alcance de animais de estimação.

Lírios

Lírios brancos

Azaleia

Presente em muitos jardins e em parques, a azaleia oferece um risco moderado a grave devido à sua toxidade. Se ingerida, pode causar vômitos, salivação intensa, perda de apetite, diarreia, arritmia cardíaca, pressão baixa, convulsões, cegueira, fraqueza, tremores e até mesmo fazer com que o pet entre em coma.

Azaleia

Azaleias são tóxicas para animais de estimação

Espada de São Jorge

Apesar de apresentar um menor grau de toxidade, a planta não é indicada para casas com animais de estimação porque pode causar salivação excessiva, irritação na pele e dificuldade de movimentação e respiração.

Espada de São Jorge

Espada de São Jorge no vaso

Comigo-ninguém-pode

Seu nome já indica que é uma das plantas mais perigosas para cães e gatos, causando os maiores casos de intoxicação. Pode causar irritação das mucosas, edema de lábios, língua e palato, cólicas abdominais, náuseas e vômitos. O contato com os olhos pode gerar edemas, fotofobia e lacrimejamento.

Comigo-ninguém-pode

Folha de Comigo-ninguém-pode

Samambaia

Os princípios tóxicos da planta prejudicam a produção de glóbulos vermelhos, podendo causar diversos sintomas nos animais, como hemorragias na pele, sangue na urina e fezes e até mesmo anemia. Isso significa que o pet perde sangue muito rápido e pode até morrer. Mesmo as folhas secas podem ser tóxicas. Por isso, para quem tem um exemplar pendurado na parede, é bom estar atento ao chão e retirá-los o quanto antes.

Samambaia

Samambaia no vaso

Antúrio

Se a flor da planta for ingerida, pode causar o inchaço da garganta, lábios e boca, salivação, paralisia da língua, asfixia, diarreia e vômito.

Antúrio

Antúrio vermelho

Violeta

Por ter fácil cultivo e muita variedade, as violetas são adoradas por muitas pessoas. Se ingeridas por cães e gatos, pode causar fortes gastrites, nervosismo, queda na circulação e respiração, vômitos e diarreias. 

Violeta

A linda flor de Violeta

Copo de leite

Facilmente encontrada em arranjos utilizados para decoração, a flor pode ser tóxica para os animais até por contato com a mucosa (lábio ou língua). Alguns sintomas da intoxicação são irritação, salivação abundante e dificuldade de engolir e respirar. O contato com os olhos também deve ser evitado, já que pode causar fotofobia e lacrimejamento.

Copo-de-Leite

Flores de Copo-de-Leite

Poinsétia

Também conhecida como Bico-de-Papagaio, o látex presente no caule e nos ramos da Poinsétia é extremamente tóxico para crianças, cães e gatos. A substância pode  lesionar a pele e mucosas, causar queimação, coceira, náuseas e vômitos. Os casos de intoxicação aumentam no final do ano quando a planta é adquirida como decoração natalina.

Bico-de-Papagaio

A Poinsétia, popularmente conhecida como Bico-de-Papagaio

Mamona

Altamente tóxica para animais e humanos, a Mamona interrompe as sínteses do metabolismo, podendo causar vômitos, cólicas, desidratação, salivação intensa, febre e sangue nas fezes dos pets. Três frutos ingeridos já são suficientes para levar uma criança à óbito, e o mesmo acontece com os pets.

Mamona

Folhas e flores de Mamona

Dama da noite

Conhecida por florescer e exalar um perfume durante a noite, a dama da noite tem fácil cultivo e costuma estar presente em muitos jardins. Suas folhas e frutos imaturos são tóxicos, podendo causar náuseas, vômitos, agitação, distúrbios comportamentais e alucinações.

Dama-da-Noite

Flores de Dama-da-Noite

Agora que você já sabe quais plantas são inofensivas e quais são perigosas para cães e gatos, já pode deixar a sua casa mais alegre e com segurança. E aí, quais plantas você tem em casa? E seu pet, tem alguma planta favorita? Conte pra gente marcando @goappbr nas redes sociais 🙂

SobreNathalia e um paciente

Nathália é veterinária e, como boa profissional da área, é completamente apaixonada por bichos. É especializada em tratamento intensivo e internação de animais domésticos. Teve bichos sua vida inteira e hoje divide apartamento com duas gatinhas bem peculiares.